Bem vindo ao Universo, fórum de discussão sobre Astronomia. Aprenda mais sobre o universo e participe da nossa comunidade.
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 O Projeto Apollo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Shadow Neo
Administrador
Administrador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 691
Idade : 26
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 18/09/2007

MensagemAssunto: O Projeto Apollo   Qua Out 03, 2007 5:40 pm

O Projeto Apollo (Projecto Apollo - Project Apollo - Projecto Apolo) foi um conjunto missões espaciais coordenadas pela Nasa (agência espacial dos EUA) entre 1961 e 1972 com o objetivo de colocar o Homem na Lua. O projeto culminou com o pouso da Apollo 11 no solo lunar em 20 de julho de 1969.


Insígnia do Projeto Apollo


A missão incluiu onze vôos tripulados (até à Apollo 7, todas as missões foram não tripuladas). Inclui-se aí o que ficou conhecido como "Apollo 1", em homenagem aos astronautas Virgil "Gus" Ivan Grissom, Edward Higgins White II e Roger Bruce Chaffee, que morreram no solo em um incêndio, dentro da cabine de comando.

O objetivo de explorar a Lua foi abandonado em dezembro de 1972, com o vôo da Apollo 17. Os motivos para esta decisão foram tanto a falta de verbas, cortadas pelo Congresso Americano, quanto o desinteresse da opinião pública estadunidense com o projeto. Ainda que tenha havido três missões tripuladas Skylab que usaram a nave Apollo, e uma missão Apollo 18 (Apollo-Soyuz), estas não tinham como objetivo chegar à Lua.

A nave Apollo foi abandonada em 1975 em detrimento do uso de um veículo reutilizável (o Ônibus Espacial; em Portugal: Vaivém Espacial), que voaria pela primeira vez em 1981.

Em 2005 a NASA anunciou a retomada das viagens à Lua utilizando naves semelhantes às usadas a partir da Apollo em substituição aos ônibus espaciais

O início do projeto

O sonho de atingir a Lua representava uma ambição humana antiga, ficcionalizada por muitos autores (cf. "De la Terre à la Lune", de 1865, Júlio Verne, onde um canhão gigante é usado como mecanismo de propulsão), mas tornada possível no século XX, em resultado do avanço tecnológico e científico quer no domínio da aeronáutica, como no da computação automática.

Muita da tecnologia necessária para o projecto foi desenvolvida como resultado do esforço de guerra durante a Segunda Guerra Mundial (por exemplo, computadores digitais para cálculos de balística, ente outros), e pelo desenvolvimento de mísseis intercontinentais-- em parte herdeiros da tecnologia das primitivas V-2 nazis)-- no âmbito da Guerra Fria entre EUA e URSS.


Buzz" Aldrin fotografado por Neil Armstrong - Apollo 11

Os projetos Mercury, Gemini e Apollo foram uma resposta dos EUA à URSS, por esta ter posto o satélite Sputnik em órbita e, logo em seguida, ter posto em órbita o primeiro humano, Yuri Gagarin. Em um famoso discurso de 25 de maio de 1961, John F. Kennedy lançou o desafio de, antes de a década terminar, "enviar homens à Lua e retorná-los a salvo".

Em um famoso discurso na Universidade Rice suas palavras foram: We choose to go to the moon. We choose to go to the moon in this decade and do the other things, not because they are easy, but because they are hard ("Nós decidimos ir a Lua. Nós decidimos ir a Lua nesta década e fazer as outras coisas, não porque elas são fáceis, mas porque elas são difíceis").

Em julho de 1960, a Nasa anunciou que colocaria astronautas na órbita da Lua, já após o Projeto Mercury. No entanto, o discurso de Kennedy mudou o foco do programa espacial dos EUA para alcançar o objetivo de pousar uma nave tripulada na superfície da Lua antes que a década terminasse.

Ao contrário dos dois projetos anteriores concebidos para manobras na órbita terrestre (o Mercury, com uma nave concebida para um astronauta, e o Gemini, concebido para dois astronautas), o Apollo possuía uma nave com capacidade para três astronautas, tornando possível atingir órbita lunar, e fazer descer um Módulo (designado Módulo Lunar) na superfície da Lua e assegurar o regresso à Terra (veja desenho comparativo das três naves).


Astronauta Buzz Aldrin junto ao Módulo Lunar pousado na superfície da Lua - Apollo 11

Objetivos do projeto Apollo
Os objetivos do projeto Apollo eram:

Estabelecer a tecnologia para viabilizar os interesses dos EUA no espaço;
Obter proeminência no espaço para os Estados Unidos;
Desenvolver um programa de exploração científica da Lua;
Desenvolver as capacidades do homem para trabalhar no ambiente lunar.

Foguete lançador e nave espacial
O programa Apollo usou quatro tipos de foguetes lançadores:

Little Joe II - vôos sub-orbitais não tripulados (testes de aborto);
Saturno I - vôos sub-orbitais e orbitais não tripulados (desenvolvimento do equipamento);
Saturno IB - vôos orbitais não tripulados e tripulados em órbita da Terra, em desenvolvimento e missões operacionais;
Saturno V - vôos não tripulados e tripulados em órbita terrestre e em missões para a Lua.

Todas as missões tripuladas Apollo, exceções apenas as Apollo 7, Skylab e Apollo 18, que fizeram uso do Saturno IB, foram lançadas ao espaço com o uso dos gigantescos foguetes Saturno V, de três estágios, 110m de altura, e 2,7 milhões de kg, propelido pelos cinco poderosos motores F-1 do primeiro estágio, mais os motores J-2 dos estágios seguintes.


Foguete Saturno V - lançamento do Apollo 11 em 16 de julho de 1969

Os três estágios do foguete, chamados S-IC (primeiro estágio), S-II (segundo estágio) e S-IVB (terceiro estágio), usavam oxigênio líquido (lox) como oxidante. O primeiro estágio usava RP-1 como combustível, enquanto os segundo e terceiro estágios usavam hidrogênio líquido.

A nave era composta de três partes (além do foguete): Módulo de Comando; Módulo de Serviço; e Módulo Lunar.

O conjunto composto pelo Módulo de Comando e o Módulo de Serviço formava o Módulo de Comando e Serviço.

O Módulo de Comando é a cápsula, em formato cônico, que os astronautas ocupavam durante a maior parte da viagem, e era a única parte que reentrava na atmosfera terrestre, caindo de pára-quedas. O Módulo de Serviço continha os equipamentos de manutenção de vida (como os cilindros de oxigênio) e motores. O Módulo Lunar, como o nome indica, servia para a descida no solo lunar e para o regresso à órbita da Lua, para o encontro com os outros dois módulos que lá permaneciam em órbita.

As últimas missões Apollo na Lua contaram com um veículo (chamado rover lunar) para transporte dos astronautas na superfície da Lua, o que permitiu trabalhos de exploração científica em uma área maior.

Resultados do projeto

Neil A. Armstrong, o primeiro homem a pisar na Lua, imortalizou o momento, resumindo muito do que foi o projeto Apollo, na famosa frase: "um pequeno passo para um homem, um salto gigantesco para a humanidade".

Fonte: Wikipédia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://twitter.com/NeoFahrenheit
 
O Projeto Apollo
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Projeto ABLE Arma Secreta Espelho Do Espaço
» ESCOLA BÍBLICA: A FAMÍLIA, UM PROJETO DE DEUS. Conflitos familiares. Ex: Na vida de Abrãao. Parte 3
» Projeto de uma bicicleta
» FAMÍLIA: UM PROJETO DE DEUS .Parte 1. A INSTITUIÇÃO FAMÍLIA. ESCOLA BÍBLICA, sua Participação aqui .
» Escola biblica , FAMILIA UM PROJETO DE DEUS a Educação aos filhos e o convivio em familia. Parte f

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Universo :: As missões espaciais :: Programa Apollo-
Ir para: