Bem vindo ao Universo, fórum de discussão sobre Astronomia. Aprenda mais sobre o universo e participe da nossa comunidade.
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 O céu este mês

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Apocalipse
Aprendiz de Astrônomo
Aprendiz de Astrônomo
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 110
Idade : 21
Localização : Paraná
Data de inscrição : 10/08/2008

MensagemAssunto: O céu este mês   Ter Set 02, 2008 2:26 am

Primeiro de tudo,venho desculpar-me pela inatividade.Meu computador foi reformatado,por isso perdi todos os meus programas instalados(Até meus jogos Tristeza ).Mas estou de volta,e é isso que importa!

Isso aqui é um mapa do céu para iniciantes.Pequei de um site de astronomia para amadores.è de fácil cooprenção!

O céu em Agosto e Setembro

No horizonte norte, próximo ao meridiano, vemos a constelação de Hércules, onde se encontra o ápex, ponto imaginário para o qual se desloca o sistema solar. Nesta direção viajamos à velocidade de 20 quilômetros por segundo, percorrendo quase dois milhões de quilômetros por dia. Não devemos confundir este movimento do Sol em relação às estrelas mais próximas com a revolução do sistema solar em torno do centro da Galáxia, que se efetua à velocidade de 250 quilômetros por segundo.

O objeto mais notável, em Hércules, é o aglomerado globular Messier 13, situado quase ao meio do alinhamento formado por Eta e Zeta de Hércules. Facilmente visível a olho nu, este aglomerado é constituído por mais de 500.000 estrelas.

Mais ao norte, abaixo de Hércules, está a constelação de Lira. Alfa da Lira, mais conhecida como Vega pela sua coloração branca (espectro A) e sua magnitude zero, tem o aspecto de um verdadeiro diamante celeste. Sua distância é de 26 anos-luz. Na constelação da Lira encontra-se a mais bela nebulosa planetária – a nebulosa Anular da Lira, que se encontra a meio caminho entre as estrelas Gama e Beta da Lira.

A constelação de Ofiúco aparece ao norte, próximo ao zênite. Apesar de constituir um extenso asterismo, não apresenta nenhum objeto de grande interesse para o observador. O objeto mais notável apesar do seu brilho fraco, é a Estrela de Barnard, cujo movimento próprio é o mais rápido que se conhece. Em um ano ela se desloca no céu dez segundos de arco, ou seja, em 188 anos o seu deslocamento equivale ao diâmetro da Lua cheia. Situada nas vizinhanças de Beta de Ofiúco, apresenta-se como uma estrela alaranjada, vista com um binóculo poderoso.

Cygnus, o Cisne, é uma das constelações do Hemisfério Norte mais fáceis de se reconhecer. As suas principais estrelas Alfa, Beta, Delta e Epsilon do Cisne formam, com Gama do Cisne uma extensa e nítida cruz, na intersecção dos braços. Nas nossas latitudes, entretanto, este grupo é visto muito baixo, próximo ao horizonte norte, como uma grande cruz invertida. Entretanto, a estrela Beta do Cisne está situada mais ao alto e pode ser observada nas noites límpidas. Uma pequena luneta irá subdividi-la em duas belas estrelas, uma amarelada e outra azulada, separadas por cerca de 34 segundos de arco.

O Cisne é uma constelação rica em agrupamentos estelares a serem observados com binóculos e lunetas e grande luminosidade. Uma noite límpida é essencial para a pesquisa das nebulosas difusas, o que é impossível nas cidades iluminadas. São de difícil observação mesmo nas regiões privilegiadas. É importante não esquecer que uma luneta de pequena abertura e curta distância focal pode fazer mais sucesso que um instrumento potente. Ao norte de Deneb (Alfa do Cisne) e próximo de Psi do Cisne vemos o aglomerado Messier 39, facilmente visível a olho nu. Uma das mais belas nebulosas, a NGC 6960/95 revela-se semelhante a um véu de noiva, donde vem o seu nome, Véu do Cisne; situa-se ao norte de Zeta do Cisne.

Ao longo do equador celeste encontramos, depois de Ofiúco, a constelação de Águia. Esta constelação é notável pela brilhante estrela de primeira magnitude Altair (Alpha Aquilae). Tal estrela, uma das nossas vizinhas, está a 16 anos-luz do Sol, é fácil de distinguir, quer pelo seu brilho, quer pelas duas estrelas que estão ao seu lado, uma ao norte, Gama da Águia, e outra a sudeste, Beta da Águia. A cerca de um grau ao norte de Gama da Águia está a binária Pi da Águia, que é um excelente teste para instrumentos de 10 centímetros de abertura. A constelação da Águia está numa rica região da Via-láctea, e será interessante aos amadores, mesmo com auxilio de um binóculo, pesquisar a região próxima a Lambda da Águia.

Pouco ao norte da Águia está o asterismo Delphinus, o Delfim. Deste agrupamento o objeto mais interessante é Gamma Delphini, uma bela binária composta de estrelas de quarta e quinta magnitude e que distam 11 segundos uma da outra. O que se observa de mais notável neste sistema, ao alcance de qualquer pequena luneta, é a diversidade de coloração dos seus componentes, segundo alguns observadores, amarelo e azul-esverdeado.

Em Capricórnio, a décima constelação do zodíaco, distinguem-se sobretudo duas estrelas mais brilhantes, Alpha e Beta Capricorni. Com um binóculo veremos que as duas são separáveis e formam um belo espetáculo. Entretanto, convém lembrar que constituem “estrelas duplas óticas”, isto é, são duas estrelas próximas por efeito de perspectiva, ou melhor ainda, são estrelas na mesma linha de visão. Próximo a Zeta do Capricórnio iremos encontrar o mais importante aglomerado deste asterismo, Messier 30.

A leste está Aquário, a décima primeira constelação do zodíaco, onde encontramos inúmeras binárias acessíveis aos instrumentos de pequeno porte. Dentre elas podemos citar Tau do Aquário que, ao lado de Lambda e Delta de Aquário, constitui um belo sistema com componente colorido de branco e vermelho. Neste asterismo vamos encontrar, ao norte de Beta de Aquário, o aglomerado Messier 2, uma das maravilhas desta constelação.

Na constelação de Sagitário, encontramos uma riqueza extraordinária de aglomerados e nebulosas. Todas elas tão célebres que possuem nomes próprios, tais como Trifida, Lagoa e Omega.

Nesta constelação encontra-se o centro galáctico. Encontramos aí o núcleo da Galáxia. Se não fossem as nuvens de poeira interestelar, que absorvem o brilho, o núcleo galáctico seria, após o Sol e a Lua, o objeto mais brilhante do céu. Neste grupo existe um grande número de estrelas duplas, a maioria delas bastante próximas, de modo que só podem ser separadas com um instrumento de potência média. Citaremos os pares: Beta do Sagitário e Gama do Sagitário, que constituem, ambas, uma dupla ótica, visível a olho nu. Beta do Sagitário, vista com ajuda de um binóculo, separa-se em duas componentes de quarta e sétima magnitude e de coloração amarela e azulada. Em noite clara é interessante pesquisar com um binóculo toda esta constelação.

Um extraordinário aglomerado, visível a olho nu, situado a cinco graus oeste e um pouco ao norte de Lambda do Sagitário é a Nebulosa da Lagoa (Messier 8), que tem como companheira, um pouco ao norte, uma das mais belas nebulosas, a Trífida.

Entre as estrelas Gama e Mu do Sagitário encontramos dois aglomerados visíveis a olho nu. O mais próximo de Gama do Sagitário, ao sul, é o aglomerado aberto e a nebulosa galáctica Messier 26, interessante de observar mesmo com um modesto instrumento. Ao norte de Mu do Sagitário vemos a Nebulosa Ferradura (Horse-shoe nebula).

Entre as estrelas Zeta e Alfa do Sagitário encontramos um pequeno e homogêneo grupo de estrelas em forma de semicírculo, denominado Coroa Austral.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Shadow Neo
Administrador
Administrador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 691
Idade : 26
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 18/09/2007

MensagemAssunto: Re: O céu este mês   Qui Set 04, 2008 2:06 pm

Apocalipse escreveu:
Primeiro de tudo,venho desculpar-me pela inatividade.Meu computador foi reformatado,por isso perdi todos os meus programas instalados(Até meus jogos Tristeza ).Mas estou de volta,e é isso que importa!

Tranquilo. Já tive problemas parecidos também.
Parabéns pelo post. Está ótimo.

_________________
Leia as regras do fórum antes de postar.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://twitter.com/NeoFahrenheit
 
O céu este mês
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Legalização da Maconha: Este é caminho?
» Legalização da maconha: este é o caminho ?
» Sobre este Forum de Bibliologia...
» Equações de 2º grau
» Este jovem pregador foi morto pela policia.A BAHIA ESTÁ EM CHOQUE E O BRASIL ESTÁ DE LUTO! "

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Universo :: Área livre :: Post's Livres-
Ir para: