Bem vindo ao Universo, fórum de discussão sobre Astronomia. Aprenda mais sobre o universo e participe da nossa comunidade.
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposConectar-se

Compartilhe | 
 

 Urano, identidade confusa

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Shadow Neo
Administrador
Administrador
avatar

Masculino
Número de Mensagens : 691
Idade : 26
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 18/09/2007

MensagemAssunto: Urano, identidade confusa   Ter Out 02, 2007 7:18 pm




O Urano (também referido como Úrano) é o sétimo planeta do sistema solar, situado entre Saturno e Neptuno. A principal característica de Urano, é sua estranha inclinação na linha de rotação, quase noventa graus em relação com sua órbita; a inclinação não somente do planeta, mas também de seus anéis, satélites e campo magnético. Urano tem a superfície a mais uniforme de todos os planetas por sua característica cor azul-esverdiada, produzida pela combinação de gases em sua atmosfera e tem anéis que não podem ser vistos a olho nu; Além disso, tem um anel azul, que é uma peculiaridade planetária. Urano é um de poucos planetas que um movimento retrógrado, similar a de Vénus.

Tem 27 satélites ao seu redor e um fino anel de poeira.

O seu diâmetro equatorial é de cerca de 51.118 km, isto é, 4 vezes superior ao da Terra e situa-se a (o semi-eixo maior de sua órbita mede) cerca de 2.870.000.000 de km do Sol, equivalente a 19,18 vezes a distância da Terra ao Sol.

Uma curiosidade deste planeta, que é digna de nota, diz respeito a sua inclinação axial próxima a 90º, ou seja, Urano praticamente gira "deitado", estando suas regiões equatoriais muito fracamente expostas à luz e à energia solar. O que ainda permanece incógnito e sem resposta clara, é o fato de a temperatura destas regiões não serem menores do que as temperaturas registradas nos pólos, estes, em função da inclinação axial, mais expostos a radiação solar. É provável que haja algum tipo de geração de calor e que a dinâmica atmosférica deste planeta promova de alguma forma, o aquecimento das regiões equatoriais, mas até o momento não há consenso entre os cientistas.

Composição e estrutura interna

Urano tem um núcleo composto de rochas e gelo de diferentes tipos, este último muito mais abundante. O planeta conta em uma grossa atmosfera formada por uma mistura de hidrogênio e hélio que pode representar até 15% da massa planetária. Urano (assim como Neptuno) é em muitos aspectos um gigante gasoso cujo crescimento se interrompeu sem ter acumulado as grandes massas dos gigantes planetas gasosos internos Júpiter e Saturno.

Em Urano há uma transição gradual da atmosfera para oceano líquido. Conseqüentemente, o oceano de Urano não se parece em nada com o terrestre. A superfície de Urano não é propicia a vida, porque a pressão e o frio são extremos, além disso os raios solares não ultrapassam mais que umas centenas de metros na atmosfera.


Inclinação do eixo de rotação

Urano possui um movimento de rotação retrogrado, similar apenas como o de Vênus, seu eixo de rotação tem quase noventa graus de inclinação em relação ao plano orbital. Durante seu período orbital de 84 anos um dos pólos é iluminado permanentemente pelo Sol, enquanto o outro permanece na sombra.

Conseqüentemente um espera que este planeta tenha importantes efeitos sazonais em sua atmosfera. Não são conhecidos os motivos da inclinação do planeta, porém imagina-se que durante sua formação o planeta tenho colidido com um outro grande planeta capaz de produzir esta orientação anormal. Sendo outra possibilidade os distúrbios gravitacionais exercidos por outros planetas gigantes do sistema solar. Durante a passagem da Voyager 2, em 1986, o pólo sul de Urano estava apontando praticamente para o sol. Nesse tempo as nuvens do planeta estavam fracamente distribuídas em faixas e em zonas perceptíveis. As observações mais recentes do Telescópio Espacial Hubble mostra uma estrutura mais dinâmica à medida que os raios solares alcançam as latitudes equatoriais. Em 2007 o sol iluminará diretamente o equador do planeta.

Em 23 de agosto de 2006, os astrônomos da universidade de Wisconsin-Madison usando a câmera avançada para Estudos ACS do Telescópio Espacial Hubble, fizeram uma imagem de uma macha escura em Urano em formato prolongado e medindo 1.700 por 3.000 quilômetros.


Campo magnético

O Campo magnético de Urano é também anormal em suas posição e características, o eixo magnético não é centrado no planeta, ele é deslocado e inclinado em 60º em relação com o eixo de rotação. O campo magnético é originado provavelmente em zonas não muito profundas do planeta. Netuno tem um campo magnético deslocado, razão porque é possível que o curioso eixo magnético de Urano não está limitado às peculiaridades de sue eixo de rotação. Por outro lado, o campo magnético de Urano é bem similar aos outros planetas gasosos. No entanto está comprovado que o campo magnético de Urano tem características especiais. O campo magnético de Urano é um pouco menos intenso que o campo magnético da Terra, mas ao contrário da Terra, Urano não tem elementos metálicos em seu interior. Conseqüentemente, o campo magnético é gerado por outro tipo de material condutor.

Anéis

Em 1977, foram descobertos os primeiros nove anéis de Urano. Durante os encontros da Voyager, estes anéis foram fotografados e medidos, tal como outros dois anéis. Os anéis de Urano são muito diferentes dos de Júpiter e Saturno. O anel épsilon exterior é composto principalmente por blocos de gelo com vários pés de diâmetro. Uma distribuição muito ténue de poeira fina também parece estar dispersa pelo sistema de anéis. Pode existir um grande número de anéis estreitos, ou possivelmente anéis incompletos ou arcos de anéis, tão pequenos quanto 50 metros (160 pés) de largura. Descobriu-se que as partículas individuais dos anéis são de baixa reflectividade. Descobriu-se que pelo menos um anel, o épsilon, tem a cor cinzenta. As luas Cordelia e Ofélia agem como satélites pastores (satélites que pela atuação de sua força gravitacional, controlam o tamanho do anél) para o anel épsilon.


Urano, seus anéis e luas. Imagem capturada pelo telescópio espacial Hubble.


Luas

Urano tem 27 satélites naturais conhecidos, sendo que nenhum deles possui atmosfera. Os nomes dos satélites de Urano foram retirados de personagens de várias peças de William Shakespeare e de obras de Alexander Pope, especialmente os personagens principais femininos deles. Referimos a seguir o nome delas, bem como a obra literária a que estão associadas:

Fonte: Wikipédia
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://twitter.com/NeoFahrenheit
 
Urano, identidade confusa
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Prove a identidade
» Identidade Trigonométrica
» Identidade de polinômio
» A Igreja está sem identidade
» Identidade algébrica

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Universo :: Sistema Solar :: Urano :: Urano, identidade confusa-
Ir para: