Bem vindo ao Universo, fórum de discussão sobre Astronomia. Aprenda mais sobre o universo e participe da nossa comunidade.
 
InícioPortalFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposLogin

Compartilhe | 
 

 China inicia conquista da Lua com foguete Chang'E

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Shadow Neo
Administrador
Administrador


Masculino
Número de Mensagens : 691
Idade : 26
Localização : Rio de Janeiro
Data de inscrição : 18/09/2007

MensagemAssunto: China inicia conquista da Lua com foguete Chang'E   Ter Out 23, 2007 12:18 pm

Se as condições meteorológicas permitirem, a China dará nesta quinta-feira um grande passo em sua corrida espacial, com o lançamento de sua primeira nave à Lua, onde seus astronautas esperam pisar pela primeira vez por volta do ano 2020.


Visitantes caminham por entre réplicas de foguetes no parque Wuhu, no leste da província de Anhui

O Chang'E I ganhou o nome de uma deusa da mitologia chinesa, que, segundo a lenda, viajou à Lua e habita nela. O satélite será lançado da base de Xichang, na província de Sichuan, no sudoeste do país.

O lançamento está marcado para esta quinta-feira, às 18h de Pequim (8h de Brasília), anunciou ontem um porta-voz do programa espacial chinês.

O programa lunar começa portanto na mesma semana na qual o Partido Comunista da China (PCCh) apresentou os líderes que governarão o país nos próximos cinco anos. Assim, a aventura espacial se reveste de tons de propaganda política.

O Chang'E I será uma forma de alardear o "desenvolvimento científico sustentável". O presidente Hu Jintao, reeleito esta semana como secretário-geral do PCCh, transformou o conceito numa das principais palavras de ordem de seu mandato.

O satélite deve entrar na órbita de transferência entre a Terra e a Lua em 31 de outubro, e alcançar a órbita lunar no dia 5 de novembro. A primeira imagem da Lua deve ser enviada no fim do próximo mês.


Durante um ano, a nava continuará explorando a Lua, com fotografias em três dimensões e análise do pó lunar e da distribuição dos elementos em sua superfície.

O lançamento do Chang'E I marca o início da primeira fase do programa lunar chinês. Outro veículo espacial vai pousar na superfície da Lua em 2012. Os primeiros astronautas chineses chegarão ao satélite dentro de cerca de 15 anos.

O governo chinês aprovou seu plano espacial 2006-2010 em maio, com um ano de atraso. As prioridades no período serão o desenvolvimento dos vôos espaciais tripulados, a prospecção lunar, os novos veículos de lançamento e a observação de alta resolução da Terra.

O programa espacial chinês começou em 1956, pouco depois de Mao Tsé-tung se queixar de que a China não era capaz nem de enviar "uma batata" ao espaço. O início contou com a colaboração da União Soviética. Administradas pelo programa militar do Exército de Libertação Popular (ELP), as atividades sempre foram cobertas por muito sigilo.

Em 2003 a China lançou o Shenzhou V, tornando-se o terceiro país a pôr um homem no espaço, depois da União Soviética (cujo programa espacial continuou sob controle da Rússia) e dos Estados Unidos.

A honra de ser o primeiro taikonauta chinês (da palavra "taikong", que quer dizer "espaço" em mandarim) foi de Yang Liwei. Hoje ele é uma celebridade nacional e personagem freqüente de anúncios publicitários.

Em 2005, dois taikonautas, Fei Junlong e Nie Haisheng, viajaram ao cosmos a bordo do Shenzhou VI. Em 2008, serão três chineses no espaço, com o lançamento do Shenzhou VII.

Além disso, o país já pôs em órbita mais de 30 satélites estrangeiros, muitos deles contratados por países asiáticos e africanos. Em setembro, um foguete chinês levou para o espaço o Earth Resources 02, terceiro satélite conjunto da colaboração espacial entre Brasil e China.

A corrida espacial chinesa causa nervosismo entre países como Índia e Japão, que também querem desenvolver suas próprias viagens espaciais. Além disso, os EUA temem uma utilização do programa com fins militares.

O lançamento do Chang'E I será o primeiro aberto a espectadores, após décadas de sigilo. Cerca de 5 mil pessoas, entre representantes do governo, militares, jornalistas e turistas assistirão ao evento, segundo dirigentes da agência de viagens Jinying, que vende a preços astronômicos as entradas para a base espacial de Xichang.

A base foi, em 1994, o local de um dos poucos acidentes mortais relacionados com o programa espacial chinês. Na ocasião, um técnico morreu num teste do foguete Longa Marcha III.

Especialistas citados pelo jornal de Hong Kong South China Morning Post afirmaram há poucos dias que a data escolhida para o lançamento não é a melhor. O clima da região nesta época é de transição da temporada de chuvas para a de seca. Assim, o tempo é imprevisível.

Fonte: Notícias Terra
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário https://twitter.com/NeoFahrenheit
 
China inicia conquista da Lua com foguete Chang'E
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» DIGNIDADE DA EMPREGADA DOMÉSTICA: UM DIREITO AINDA EM CONQUISTA
» resoluções a conquista da matemática 4 volumes
» Falando em educação - A educação na China...
» Lançamento do foguete
» (AFA) Foguete

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Universo :: Conheça a Astronomia :: Últimas Notícias-
Ir para: